Estique o braço para o trânsito

Uma campanha da prefeitura de Porto Alegre está chamando a atenção de boa parte dos motoristas da cidade. É uma nova forma de educar as pessoas que estão no trânsito. Funciona assim. Não havendo semáforo, o pedestre coloca-se na faixa de pedestres, estica o braço e espera que os carros parem. Atravessa a rua e o trânsito torna a fluir normalmente. É bem simples, mas não se sabe se os motoristas respeitarão essa regra imposta pelo departamento de trânsito. Em algumas cidades do país, como Brasília, ela já vale há um bom tempo. E nem é preciso esticar o braço. Algumas cidades do exterior como Londres já se utilizam dessa norma há dezenas de anos.

Agora eu fico pensando em uma regra dessas em São Paulo, a maior cidade do país. Uma cidade em que infelizmente ninguém respeita ninguém. Mas pior do que isso é imaginar o trânsito lento e as motos passando em alta velocidade entre os carros. Quem estivesse no meio dos carros não enxergaria o pedestre na calçada esticando o braço, e com certeza isso não acabaria bem. Quem não se lembra da morte de Marcelo Fromer, do Titãs, que foi atropelado por um motoboy quando atravessava a rua?

Bom, fica a discussão, em minha opinião é uma boa iniciativa, mas educação no trânsito é vital.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: